sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Gary Moore - Bad For You Baby [2008]

Nesse mês de fevereiro completou-se um ano da grande perda que o mundo da guitarra teve: Gary Moore, ídolo absoluto ao tocar o instrumento com feeling e técnica inconfundíveis. O que nos resta fazer é ouvir e apreciar seu material gravado, que, diga-se de passagem, é muito bom. Hoje trago o último trabalho de inéditas do cara, com indicação do meu primo Juliano, que participou de uma das loucuras do Rock que só acontecem em ocasiões inusitadas. Vou até explicar como foi: desta vez, estava com minha namorada, ele e mais uns amigos em Curitiba. Enquanto ouvíamos Gary Moore no carro, passamos por um restaurante que aparentava ser bom. Nesse momento paramos para comer, porém Juliano, enlouquecido com o som, subiu a calçada e invadiu a área do restaurante, destruindo vasos de plantas que ali estavam. Nessa hora o pessoal do restaurante já ficou com um certo receio. Quando fomos nos servir, fizemos tudo errado quanto ao buffet por peso e livre, e, a cada nova 'confusão' notávamos que a quantidade de seguranças aumentava a nossa volta. No final das contas fomos embora sem pagar e ameaçando processá-los! Histórias de Rock N' Roll... (risos) Mas, voltando ao foco, este álbum foi lançado em decorrência da 'volta ao Blues' feita por Moore a partir dos lançamentos de 2004. Ouvindo o disco, me impressiona ao ver que Gary Moore não é americano. Nesse disco, temos ritmos muito americanos, como o próprio já citado Blues, logo alguma coisa de Country e também um pouco de Rockabilly. Claro que o feeling de Gary é único, então, independente de nacionalidade, teremos os solos que falam por si mesmos, com o potenciômetro 'sentimento' no talo. 

Vamos às músicas: 'Bad For You Baby' é a primeira. Um Blues Rock com cara de mau. A guitarra está muito crua, sendo que no solo temos uns ruídos que ficaram para deixar o feeling transparecer mais ainda, e deu certo. 'Down The Line' flerta com o Country e com o Rockabilly. É rápida e louca! Destaque para o solo bem técnico. Gosto de analisar uns acordes utilizados nas músicas quando ouço algum trabalho, principalmente de guitarristas solos, e aqui temos uns acordes bonitos que podemos notar, com uso de sétimas e nonas que fazem até lembrar o Funk. Exemplos disso temos 'Umbrella Man', 'Walkin' Thru The Park' e 'Someday Baby'. Claro, sem esquecer que essas são totalmente regadas ao Blues também.



Antes de falar das faixas mais tristes (afinal, todo blueseiro que se preze tem músicas muito, muito tristes em seus discos), gostaria de destacar mais três músicas que merecem uma atenção especial. São elas: 'Holding On', 'Mojo Boogie' e 'Preacher Man Blues'. Respectivamente, a primeira é um Pop Rock bem trabalhado, com corinhos femininos e refrão fácil de lembrar, inclusive essa me remete muito ao disco do Kid Rock postado aqui no blog a um tempo atrás. A segunda é um 'Blues Rock' estilo Gary Moore, com uma pegada boa, muito rockeira, inclusive lembrando demais o clássico 'Walking By Myself'. A terceira tem uma levada blueseira que transborda feeling, com Gary nas gaitas mandando quase tão bem quanto na guitarra. Pra encerrar temos 'I Love You More Than You'll Ever Know' e 'Trouble Ain't Far Behind': dois poços de melancolia, verdadeiramente como o figurino do Blues manda, tristeza em demasia, temas de guitarra mais tristes ainda e melodia eternamente sentimental. A última então é a legitima música tema de uma mesa de bar sem companhia, uma garrafa de conhaque do lado e a noite inteira por vir. Podia fazer a trilha de algum filme.

Imortal, Gary Moore vai viver pra sempre em suas gravações, sendo assim, indico esse disco pra todos os amantes da guitarra, do Blues e da boa música, aquela que realmente sai do coração e não é feita apenas para entreter as massas por apenas um ano e depois dar lugar a outra pior ainda, como é feito hoje em dia.



Gary Moore (Vocal, Guitarra e Harmônica)
Vic Martin (Teclado)
Pete Rees (Baixo)
Sam Kelly (Bateria)

Convidados especiais: Otis Taylor e Cassie Taylor

01 - Bad for You Baby
02 - Down the Line
03 - Umbrella Man
04 - Holding On
05 - Walkin' thru the Park
06 - I Love You More Than You'll Ever Know
07 - Mojo Boogie
08 - Someday Baby
09 - Did You Ever Feel Lonely?
10 - Preacher Man Blues
11 - Trouble Ain't Far Behind

Link Nos Comentários
Link On The Comments

Cessão


4 comentários:

  1. Gary Moore - Bad For You Baby [2008]

    75mb - 192kbps

    http://www.mediafire.com/?fhk4clhw2odt9qp

    ResponderExcluir
  2. Gary Moore: Um dos 10 melhores do planeta!!! Na minha humilde opinião é claro... acho que o feeling supera a velocidade ... me perdoem os admiradores de bululus e fritações a zilhões de notas por segundo, mas se a frase cheia de notas não tocar as fibras dos sentimentos de quem ouve será inócua, inútil, melhor teria sido deixar a música sem essa montanha de notas espalhadas a esmo pelos compassos....(CMRockaholic)

    ResponderExcluir
  3. O Gary vai fazer muita falta sem duvida! espero mais discos desse grande mestre..valeu pela postagem.

    ResponderExcluir
  4. Grande resenha!
    Baixando!
    RIP Gary Moore.

    ResponderExcluir