terça-feira, 8 de maio de 2012

Bangalore Choir - Metaphor [2012]


Finalizando hoje o seriado que criei, trago-vos o último disco da trupe chefiada por David Reece, o Bangalore Choir. O último disco da série é também o último lançamento dos caras, Metaphor, que acabou de ser lançado esse ano, mais precisamente no final de abril. O álbum havia sido anunciado no Facebook oficial de David Reece em 2011, mas nada de muitos detalhes. Agora com o disco na íntegra, podemos perceber que os caras do Bangalore Choir definiram um padrão de qualidade para suas músicas, o que já vinha sendo visto em seus álbuns antecessores.

Em 'Metaphor', o Bangalore Choir vem com uma pegada muito mais moderna e arrojada. As melodias continuam casando perfeitamente com os instrumentais, formando harmonias bem coesas e de grande agrado. A banda está apresentando um trabalho impecável com um entrosamento super efetivo, visto que, desde 'Cadence' se mantém a mesma, salvo pelo baterista Rene Letters, que assume as baquetas nesse play. Os vocais de Reece estão ótimos como sempre, porém, nesse play sua voz me remete um pouco ao David Lee Roth do Van Halen. 

O disco já começa chutando o pau da barraca com uma rápida e agitada primeira faixa, 'All The Damage Done'. Essa batida rápida e melodia bem trabalhada dão um clima bem interessante para a música, se repetindo em 'Silhouettes On The Shade', que também é assim. 'Trojan Horse' é um ponto alto do play, juntando tudo de bom que o Bangalore fez até hoje em uma música só. Grande destaque. Com a faixa título podemos voltar ao passado, lembrando o som de 'On Target'. 'Don't Act Surprised' é um Hard Rock puro, chega a dar gosto de ouvir! Agora chegamos numa parte diferente, 'Never Face Ole Joe Alone', que traz um Bluegrass, Country e Blueseiro! Chegando mais perto do final do play, temos uma 'pauleira' cheia de sentimento e um riff bem furioso em 'Civilized Evil', com um coro matador no refrão. 'Fools Gold' tentou ser a balada do álbum disputando o posto com 'Scandinavian Rose' mas nenhuma das duas conseguiu. Pra fechar, temos 'Always Be My Angel', que também é um ponto bem alto do álbum, com uma melodia muito legal e solos de guitarra bem interessantes.

Assim o Bangalore Choir fecha sua discografia, com muito Hard Rock e pouca frescura. Os caras realmente se superam a cada trabalho e merecem muito entrar para a elite dos Hard Rockers Oitentistas. Altamente recomendado para quem curtiu os outros trabalhos da banda e para quem curte o bom e velho Hard Rock.

Bangalore Choir - Metaphor (Song):

David Reece (Vocal)
Andy Susemihl (Guitarra)
Curt Mitchell (Guitarra)
Danny Greenberg (Baixo)
Rene Letters (Bateria)

01 - All The Damage Done
02 - Trojan Horse
03 - Silhouettes On The Shade
04 - Metaphor
05 - Don’t Act Surprise
06 - Never Face Ole Joe Alone
07 - Scandinavian Rose
08 - Catch An Angel Fallin’
09 - Civilized Evil
10 - Fools Gold
11 - Always Be My Angel

Cessão

3 comentários:

  1. Link

    http://rapidgator.net/file/9687013

    ResponderExcluir
  2. Bah muito bom o album mesmo, valeu ai Cessão.
    E o pior que os vocais são muito parecidos com os do Dave.

    ResponderExcluir
  3. Nossa Cara!

    sempre curti muinto essa banda desde os primordios deles, que bom que estão voltando!

    Todos os cds deles estão aqui, lí todas as resenhas dos discos e adorei e tambem baixei o ultimo disco pois ainda não tinha!

    Muito obrigado!

    ResponderExcluir