terça-feira, 29 de maio de 2012

King Kobra - Ready To Strike [1985]


A história do King Kobra começou quando o baterista Carmine Appice saiu da banda solo de Ozzy Osbourne. Ele chamou músicos que até então não eram muito conhecidos na cena. Eram eles: Mark Free nos vocais, David Michael Philips e Mick Sweda nas guitarras e Jonhy Rod no baixo. Foi com essa formação que a banda lançou seu debut, 'Ready To Strike', o disco que trago hoje. Porém, o King Kobra é mais uma das bandas 'injustiçadas do Hard Rock'. Mas nesse caso, como o Grunge ainda não havia surgido, como os pobres caras do King Kobra poderiam ter sido deixados de lado? Simples. Basta o fundador da banda, o já falado baterista Carmine Appice, ter sido um renomado baterista de Jazz e Blues antes, e agora aparecer com uma nova banda do estilo que estava na moda apenas para arrecadar algum dinheiro. Assim, a banda foi bastante boicotada, não sendo levada realmente a sério, e, após o segundo disco, a gravadora, Capitol Records, rompe os contratos com o KK que se dissolve logo mais a frente, após um fracassado terceiro álbum fora dela. Claro que não dá para ter certeza se tudo isso é realmente verdade, mas é o que dizem (risos). De qualquer forma, hoje em dia o King Kobra voltou com um novo disco de inéditas lançado em 2011. Outra curiosidade acerca do play é a história de Mark Free, que, alguns anos depois, deixou a banda e também a carreira musical para fazer as cirurgias e todos os trâmites legais para se tornar uma mulher! Hoje ela se chama Marcie Free e trabalha junto ao governo americano. 
Bom, apesar de todas as bizarrices, o disco é ótimo, trazendo um Hard Rock cheio de energia e bem direcionado para o Glam Metal dos anos oitenta. A faixa título abre o play com uma pequena intro e logo depois vem a paulada do riff que guia a música, já resumindo como será o som: um Glam Metal puro, cheio de guitarras 'cavocando' e muita melodia. 'Hunger' foi o single na época, tendo até entrado para a trilha sonora do filme de animação 'Transformers: The Movie', de 1986. Essa já apresenta um riff um pouco mais suingado e um refrão mais voltado para o AOR.
King Kobra - Hunger (Official Video):

'Shadow Rider' é a próxima, que vem com mais um riff legal que, misturado à melodia vocal também remete um pouco ao AOR. Em 'Shake Up' já temos uma virada direta para o Hard Rock e Glam Metal que estava rolando pelos EUA nessa época, inclusive me lembrando um pouco o primeiro disco do 'Bon Jovi'. 'Attention' é rápida e festeira. Agora chegamos em 'Breakin' Out', com seu riff bem elaborado e melodia oitentista é considerada um destaque junto com 'Second Thoughts' que é uma música completa, com melodia e acordes que se encontram com perfeição. 'Dancing With Desire' é a balada do álbum, sem bateria e com grande destaque para os vocais de Mark Free. O disco fecha com 'Piece Of The Rock', que é mais uma boa, poderia até fechar os shows da banda com chave de ouro.

O King Kobra pode ser mais uma das bandas injustiçadas do Hard Rock, mas, na minha opinião, conseguiu fazer um disco que tem tudo que era necessário para fazer uma banda famosa na época. Então, resumindo, o disco é legal, pode ouvir à vontade. Recomendo.

Mark Free (Voz)
David Michael Philips (Guitarra)
Johny Rod (Baixo)
Mick Sweda (Guitarra)
Carmine Appice (Bateria)

01 - Ready To Strike - 5:20
02 - Hunger - 3:26
03 - Shadow Rider - 4:04
04 - Shake Up - 3:29
05 - Attention - 3:43
06 - Breakin' Out - 3:59
07 - Tough Guys - 4:21
08 - Dancing With Desire - 5:36
09 - Second Thoughts - 3:47
10 - Piece Of The Rock - 3:33

Cessão

3 comentários:

  1. Links:

    https://rapidshare.com/#!download|140p9|90648883|KING_KOBRA-Ready_To_Strike_1985_.rar|58999|R~3B178A400E6F7A8C2D80FBB483700481|0|0

    https://rapidshare.com/#!download|451p5|199249282|King_Kobra_-
    _Ready_To_Strike__1985_.rar|102482|R~3D754FAA4A77E64B592421B9D1302B3C|0|0

    ResponderExcluir
  2. ouvi este disco ano passado, acho..

    acehi legal, mas todos os outros eu achei bem ruins..

    gostei da resenha..

    ResponderExcluir